Desenvolvendo módulos e maneiras de vendas

e-Commerce

Comércio eletrônico deve crescer 30% e faturar R$ 20 bi em 2011

Livros e jornais perdem liderança no varejo online; eletrodomésticos foram os itens mais comprados em 2010

Pela primeira vez na história, a categoria de livros e assinaturas de jornais e revistas perdeu a liderança no comércio eletrônico no Brasil, caindo para segundo lugar entre os itens mais vendidos pela internet em 2010. Os produtos mais comprados pelos brasileiros em lojas virtuais no ano passado foram eletrodomésticos, como geladeiras, fogões e lavadoras. Essa categoria respondeu por 17% do faturamento do comércio eletrônico brasileiro, que cresceu 40% em 2010, totalizando R$ 14,8 bilhões, segundo a empresa de consultoria e-bit.

O e-bit reuniu a imprensa em SP para divulgar o balanço do ecommerce brasileiro em 2010. Como já se sabia, o faturamento das vendas online no país subiu 40% no ano passado. Mais interessante foi saber que 5,4 milhoes de consumidores experimentaram fazer compras na web pela primeira vez e que 55% desses clientes foram mulheres, que agora representam 49% do universo de consumidores virtuais. Os produtos mais vendidos pela internet em 2010 foram eletrodomésticos, resultado fortemente influenciado pela Copa do Mundo. Isso ajudou a elevar o ticket médio para R$ 373. Para 2011, a expectativa é de crescimento de 30% sobre a forte base de 2010, o que elevaria o faturamento para R$ 20 bilhoes.

Comércio eletrônico ou e-commerce, ou ainda comércio virtual, é um tipo de transação comercial feita especialmente através de um equipamento eletrônico, como, por exemplo, um computador.

Conceitua-se como o uso da comunicação eletrônica e digital, aplicada aos negócios, criando, alterando ou redefinindo valores entre organizações (B2B) ou entre estas e indivíduos (B2C), ou entre indivíduos (C2C), permeando a aquisição de bens, produtos ou serviços, terminando com a liquidação financeira por intermédio de meios de pagamento eletrônicos.

O ato de vender ou comprar pela internet é em si um bom exemplo de comércio eletrônico. O mercado mundial está absorvendo o comércio eletrônico em grande escala. Muitos ramos da economia agora estão ligadas ao comércio eletrônico.

Aliando criatividade e tecnologia, os resultados só podem ser positivos e aumento de vendas, veja esse exemplo:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: