Desenvolvendo módulos e maneiras de vendas

Posts marcados ‘E-commerce’

E-commerce nas pequenas e médias empresas!

Até o fim de 2012, o varejo eletrônico brasileiro deve movimentar R$ 23,4 bilhões. Anunciada no último relatório divulgado pela e-bit, a projeção destaca o aquecimento do mercado nacional. Sendo um cenário que se confirma pelos investimentos recentes em startups e pela chegada de gigantes internacionais, como a Amazon.com, que desembarcará oficialmente no país em setembro próximo.

Em dez anos, o varejo online cresceu 26,5 vezes. De uma receita de R$ 850 milhões em 2002, passou para R$ 18,70 bilhões em 2011. Enquanto isso, o número de consumidores saltou de 700 mil, em 2000, para 31,9 milhões em 2011.

As pequenas e médias empresas movimentaram R$ 2,24 bilhões em receita em 2011 através do e-commerce. Muita movimentação advinda das compras coletivas, que em 2011 movimentaram cerca de R$ 1,6 bilhões e, segundo os especialistas, esse setor oferece boas oportunidades para as pequenas e médias empresas, desde que invistam em nichos. Os setores mais promissores em compras coletivas foram: bens duráveis (27%); Saúde e Beleza (23%); Hotéis e viagens (18%); Gastronomia (8%); Diversão e entretenimento (6%); Serviços (4%); Bares e casas noturnas (2%); cursos e aulas (2%).

Segundo dados da TNS-Digital Life, 32% dos usuários de redes sociais seguem perfis de marcas e produtos. E 47% dos consumidores expõem suas opiniões sobre marcas e produtos em redes sociais. Os comentários mais frequentes estão divididos em: recomendação para amigos (41%); notícias relacionadas (31%); elogios a produtos (13%); reclamações (12%). E o mais interessante, os usuários das redes sociais em sua maioria fazem sugestões sobre os produtos da empresa. O número supera o de reclamações!

E como esses consumidores interagem com as empresas através das redes sociais?

  • Sugerem alterações de cor e tamanho : 42,5%
  • Sugerem melhorias no produto: 37%
  • Fazem reclamações e levantam problemas: 14,5%
  • Fazem perguntas sobre estoque: 2,5%
  • Comparam com produtos similares: 2,5%
  • Pedem produtos esgotados: 1%

fonte: midiaria.wordpress.com

Anúncios